2 de agosto de 2011

Igreja evangélica lança novo slogan: “Deus é 10%”

Olá caro leitor, dá um olhada na notícia que vi hoje na internet:
A inauguração de uma nova igreja evangélica está provocando polêmica em São Paulo. A Igreja Internacional da Graça Divina de Jesus das Nuvens Puras tem um slogan explícito: “Deus é 10%”. O pastor Afanásio Robalo diz que o tema da nova igreja não tem relação com o dízimo. “Esses 10% representam o mínimo que você tem que viver em Cristo. Se cada um de nós der 10% do nosso tempo a Jesus, o mundo vai melhorar 100%”, afirmou. Afanásio considera uma coincidência o fato de o dízimo também ser de 10%. “Não estou querendo dizer que vamos abrir mão do dízimo. Ele é obrigatório. Jesus já disse que é dando que se recebe. Se o fiel der, nós recebemos”.
A igreja planeja usar primeira unidade no Capão Redondo como modelo. Se tudo der certo, em breve fará sua IPO na Bolsa de Valores.
Calma galera, essa notícia não é real, veio do Sensacionalista, um blog de notícias mentirosas. Mas sabe o que é pior? Provavelmente você acreditou ao ler essa notícia, e mais ainda essa "brincadeira" é baseada na percepção que a sociedade muitas vezes tem da igreja. Pode parecer estar chovendo no molhado o número de vezes que falo disso aqui, mas precisamos nos lembrar disso o tempo todo para mudar essa realidade. A igreja precisa parar de ser vista dessa forma pejorativa que vem sendo vista nos últimos tempos e passar a ser vista como um agrupamento de pessoas que faz da nossa sociedade um lugar melhor.

Não sei quanto a vocês, mas me sinto envergonhado ao ver coisas desse tipo.
A alguns meses atrás eu estava pregando em um evento da minha igreja e repeti para o pessoal uma frase que ouvi não sei exatamente onde mas que vem falado muito comigo: "antigamente os crentes éramos conhecidos como os 'da bíblia' mas hoje somos conhecidos como os 'do dízimo'". É triste pensar nisso, mas é a pura realidade.

Não quero levantar dúvidas aqui sobre a importância óbvia das contribuições financeiras dos membros à igreja enquanto instituição. Mas quero novamente atentar vocês para a forma que a igreja tem sido vista por aí.

E antes que alguém pense que eu vou aqui apontar dedos para culpar líderes A ou B, quero dizer a você que a culpa disso é minha, e a culpa disso é sua. Sim sua, você mesmo que está aí lendo esse texto. Cabe a nós viver o cristianismo que faça diferença na vida das pessoas, cabe a nós mudar o (pré)conceito que muitas pessoas tem a respeito da igreja. Somos nós que não estamos vivendo no nosso dia a dia esse negócio que chamamos de Missão Integral.

Mas talvez eu esteja exagerando ao tentar compartilhar essa culpa com você. Talvez a culpa seja só minha.

Não tenho nenhuma frase genial pra terminar esse texto, então vou terminar pedindo desculpas a você, caro leitor, que eu tentei culpar aí em cima pela má fama da igreja. Acho que sou o único crente que não dedica ao próximo tanto tempo quanto poderia dedicar, provavelmente sou só eu que por várias vezes vejo um mendigo ou uma outra pessoa necessitada e tento ignorar como se aquela situação não dissesse respeito a mim. Me desculpe você que já tem certeza que faz tudo o que pode fazer pelo próximo e pelo Reino, mas eu tenho um medo gigante de um dia pensar que o que faço e o bastante.

Um crente imperfeito,
Dan Martins

Um comentário:

  1. Nossa você tem razão, eu também me declaro culpada.
    Por que já perdi a conta de quantas vezes fui pregar o evangelho para as pessoas e elas já começam indagando, pejorativamente, sobre questões financeiras e eu não sabia o que dizer. Elas viram nas mídias coisas mentirosas e eu nunca tomei nenhuma atitude pra mudar isso...
    É to perdendo muito tempo dormindo não posso permitir que a outra geração faça o que eu deveria ter feito.

    ResponderExcluir

Mostre o que se passa por sua cabeça. Comente.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...