14 de junho de 2011

A culpa manipula. A Graça liberta.

E mais um trecho do super livro "A Revolta de Atlas" me chamou grande atenção a ponto de postar por aqui. O trecho abaixo é parte de um discussão entre o grupo de homens que detém o poder político do país durante a trama do livro. E como fica claro ao lermos, eles estavam falando sobre controlar o povo:
"Se não há bastante culpa no mundo, precisamos criá-la. Se ensinarmos a um homem que é errado olhar para as flores e ele acredita em nós e depois olha para as flores, podemos fazer o que quisermos com ele. Ele não vai se defender. Vai acha que é bem feito. Não vai lutar. Mas o perigo é o homem que obedece a seus próprios padrões morais. Cuidado com o homem de consciência limpa. É esse que vai nos derrotar."
Não sei quanto a você, mas pra mim foi impossível ler isso sem traçar imediatamente um paralelo com certas lideranças "igrejeiras", e com o povo que se deixa levar por essas lideranças. São tantas regras, costumes, dogmas e doutrinas se sobrepondo àquele fardo leve que Jesus nos trouxe que acabamos vivendo como disse um certo poeta: "reconstruindo o que Jesus derrubou, e recosturando véu que a cruz já rasgou."

Todo cristão sabe (ou pelo menos deveria saber) que não mais vivemos no tempo da lei, mas sim no novo tempo instituído por Cristo, através de sua morte e ressurreição, no qual a Sua maravilhosa Graça nos basta para caminharmos lado a lado com o Pai. Jesus determinou esse novo tempo, no qual somos salvos pela Graça mediante a nossa fé.

Mas parece ser difícil para algumas pessoas aceitarem esse imerecido presente e essa dificuldade os leva a armadilhas perigosas criadas por pessoas que tem como maior intenção controlar rebanhos a seu bel prazer. Aí então são criados pesadíssimos fardos que as pessoas passam a carregar porque não entenderam a simplicidade e grandiosidade do amor de Deus. Aqueles que entendem e vivenciam esse amor passam a viver sob o maior de todos os códigos morais, e não precisam de pessoas impondo regras e colocando cabresto em suas ações, porque elas passam a viver em Cristo e Ele passa a viver através delas. Mas infelizmente não é essa a realidade de muitos.

A falta de conhecimento de muitos, aliada a falta de escrúpulos de alguns cria um cenário perfeito para os já ditos sem inescrupulosos que impõem seus padrões de comportamento, desconexos da realidade, aos seus liderados que remete totalmente ao tempo da lei, pois cria regras que sabe-se bem ninguém é capaz de cumprir. E quando não se consegue cumprir o padrão imposto a culpa impera, e junto dela reinam os que se alimentam da culpa alheia para controlar, manipular e manter sob rédeas curtas.

Não quero me estender muito nessa triste verdade, mas quero lembrar da alegre verdade dita por Jesus. Em João 8:32 temos uma das mais belas e profundas afirmações dEle sobre a liberdade que ele veio nos trazer. Porque o conhecimento da Verdade não pode nos trazer cadeias, e sim quebrá-las; não pode nos trazer um pesado fardo, mas sim um fardo leve e um jugo suave. Que possamos ser pessoas livres, libertas pelo conhecimento e vivência da bela e viva verdade do Evangelho.

Sola Gratia

Martins

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Mostre o que se passa por sua cabeça. Comente.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...