14 de novembro de 2008

Música Boa - Louis Armstrong - What a Wonderful World


What a Wonderful World é uma canção escrita por Bob Thiele e George David Weiss. Foi gravada pela primeira vez na voz de Louis Armstrong e lançada como compacto no início do outono de 1967. A intenção era que a música servisse como um antídoto ao carregado clima racial e político nos Estados Unidos (foi escrita especialmente para Armstrong e lhe atraiu), a canção detalha o deleite do cantor pelas coisas simples do dia-a-dia. A música mantém, também, um tom esperançoso e otimista com relação ao futuro, incluindo uma referência aos bebês que nascem no mundo e terão muito para ver e crescer.

Esta canção, incialmente, não obteve êxito nos Estados Unidos, onde vendeu menos de 1000 cópias, mas foi um dos maiores sucessos no Reino Unido. Foi um campeão de vendas de 1968 no Reino Unido.
Fonte: Wikipedia




What a Wonderful World


What a Wonderful World
Que mundo maravilhoso

Compositores: Bob Thiele e George David Weiss

I see trees of green, red roses too
Eu vejo árvores verdes, rosas vermelhas também
I see them bloom for me and you
Eu as vejo florescer para mim e você

And I say to myself
E me digo
What wonderful world
Que mundo maravilhoso

I see skies of blue and clouds of white
Eu vejo céus azuis e nuvens brancas
Bright sunny days, dark sacred nights
Dias luminosos e ensolarados, noites escuras sagradas
And I think to myself
E penso comigo mesmo
What a wonderful world
Que mundo maravilhoso

The colors of the rainbow are so pretty in the skies
As cores do arco-íris nos céus são tão bonitas
Are also on the faces of people walking by
Estão também nos rostos das pessoas caminhando
I see friends shaking hands saying
Eu vejo amigos apertando as mãos, dizendo
How do you do?
Como vai?
They're really saying
Realmente dizendo
I love you
Eu te amo

I see babies cry, I watch them grow
Eu vejo bebês chorando, eu os vejo crescendo
They'll learn much more than I'll ever know
Eles aprenderão muito mais do que eu jamais saberei
And I think to myself
E penso comigo mesmo
What a wonderful world
Que mundo maravilhoso
Yes, I think to myself
Sim, eu penso comigo mesmo
What a wonderful world
Que mundo maravilhoso

And I say to myself
E me digo
What a wonderful world
Que mundo maravilhoso




"Quando alguém declara que não ouve "música do mundo", está afirmando que não reconhece nenhuma pessoa, a não ser os convertidos, com a capacidade de produzir um texto, uma música ou qualquer expressão artística louvável. Essa posição
é no mínimo incoerente. Pois essa mesma pessoa lê jornais, revistas, ouve o noticiário e, na escola, estuda através de livros escritos por pessoas não-cristãs."
Pr. Ricardo Gondim, no livro É Proibido


Um ótimo fim de semana,
Martins

Pingar o BlogBlogs

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Mostre o que se passa por sua cabeça. Comente.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...