18 de outubro de 2008

Congresso Loucos por Jesus (2) - Workshop - Salva Vidas


Na segunda parte do congresso tivemos os workshops. Entre diversas opções optamos por participar do que falava sobre os Salva-Vidas. A palestra foi ministrada pelo Pr.Nivton e pelo Alan, juntos eles são os líderes do ministério dentro da Igreja Batista Getsêmani.
Resumindo o conceito do termo Salva Vidas: São os obreiros da igreja sob uma roupagem mais jovem. Todas as funções e tarefas desse grupo dentro da igreja são as já conhecidas dos demais obreiros. O que os diferencia é a dinâmica do trabalho e a abordagem que eles adotam dentro da igreja.



Mas vamos falar da palestra. Se quiser saber mais sobre o ministério, acesse o site Salva-Vidas Getsêmani.
A base do trabalho dos Salva-Vidas, assim como de todo obreiro está em:

1 Timóteo 3:
1 Esta é uma palavra fiel: se alguém deseja o episcopado, excelente obra deseja.
2 Convém, pois, que o bispo seja irrepreensível, marido de uma mulher, vigilante, sóbrio, honesto, hospitaleiro, apto para ensinar;
3 Não dado ao vinho, não espancador, não cobiçoso de torpe ganância, mas moderado, não contencioso, não avarento;
4 Que governe bem a sua própria casa, tendo seus filhos em sujeição, com toda a modéstia
5 (Porque, se alguém não sabe governar a sua própria casa, terá cuidado da igreja de Deus?);
6 Não neófito, para que, ensoberbecendo-se, não caia na condenação do diabo.
7 Convém também que tenha bom testemunho dos que estão de fora, para que não caia em afronta, e no laço do diabo.
8 Da mesma sorte os diáconos sejam honestos, não de língua dobre, não dados a muito vinho, não cobiçosos de torpe ganância;
9 Guardando o mistério da fé numa consciência pura.
10 E também estes sejam primeiro provados, depois sirvam, se forem irrepreensíveis.
11 Da mesma sorte as esposas sejam honestas, não maldizentes, sóbrias e fiéis em tudo.
12 Os diáconos sejam maridos de uma só mulher, e governem bem a seus filhos e suas próprias casas.
13 Porque os que servirem bem como diáconos, adquirirão para si uma boa posição e muita confiança na fé que há em Cristo Jesus.
14Escrevo-te estas coisas, esperando ir ver-te bem depressa;
15 Mas, se tardar, para que saibas como convém andar na casa de Deus, que é a igreja do Deus vivo, a coluna e firmeza da verdade.
16 E, sem dúvida alguma, grande é o mistério da piedade: Deus se manifestou em carne, foi justificado no Espírito, visto dos anjos, pregado aos gentios, crido no mundo, recebido acima na glória.

A visão de trabalho do ministério que foi passada na palestra é algo inspirador, não só para aqueles que pretendem seguir a mesma linha de trabalho mas para todos os cristãos.



Os 13 objetivos do Ministério Salva-Vidas:
1. Despertar nos jovens o desejo pelo trabalho na Igreja.

Com a criação de algo diferente, chama-se a atenção dos dispersos para o trabalho em prol da obra de Deus.

2. Oferecer espaço para todos aqueles que desejam trabalhar na obra;

Sempre existem pessoas dispostas a abraçar a causa, por isso é preciso criar oportunidades para que estes se envolvam nos trabalhos da igreja.

3. Treinar os jovens para este trabalho.

Além da vontade, é preciso ter capacitação. Um dos grandes objetivos dos Salva-Vidas é oferecer, aos voluntários do ministério, qualificação e conhecimento para exercer os trabalhos da igreja.

4. Levar os jovens a desenvolver seus dons espirituais.

Deus dá a cada um potenciais diferentes, é preciso ter uma forma de desenvolver esses potenciais em prol da obra de Deus. Se a igreja não der oportunidades para que os talentos se desenvolvam dentro dela, eles irão se desenvolver fora. E nem tudo o que pode ser feito com esse dom benéfico e agrada a Deus

5. Oferecer um exemplo de conduta para toda a igreja.

2 Timóteo 2:15:
Procura apresentar-te a Deus aprovado, como obreiro que não tem de que se envergonhar, que maneja bem a palavra da verdade.
Parece ser chover no molhado falar isso, mas os líderes devem ser exemplo para toda a congregação.

6. Interceder.

Creio não ser preciso comentar isso, todos devemos orar em intercessão pelas nossas igrejas.

7. Recepcionar os jovens que chegam à igreja.

8. Receber as pessoas durante o apelo de salvação.

Ninguém irá se sentir bem em um ambiente se não for recebido com carinho, se não se sentir querido e amado.

9. Discipular os novos convertidos.

10. Ser conselheiro.

Após ser recebido, é necessário ter instrução de como seguir uma vida cristã verdadeira.

11. Apoiar todos os trabalhos da igreja.

12. Formar novos líderes.

13. O principal: SALVAR VIDAS ou seja EVANGELIZAR.

Esse é o ponto mais importante, e o que eu mais preciso desenvolver. Nós, como crentes, não podemos limitar nossas ações às 4 paredes da nossa igreja. É muito fácil e confortável ser crente no meio de crentes, mas ser verdadeiramente CRISTÃO é levar a Verdade a todos os cantos, é ser CRISTÃO em tempo integral, e não apenas na segurança dos bancos da igreja.

Esse foi um grande tapa em diversas caras. A começar da minha.
Olhando superficialmente para estes objetivos podemos pensar: Mas isso é objetivo de todos os crentes. Nisso te pergunto: Será que realmente fazemos isso?

Com a implantação do ministério é criado um grupo com todos esses objetivos em comum. Dessa forma é formada uma verdadeira comunhão entre as pessoas, reunindo-as em torno de um objetivo comum. Pois, parafraseando algo que foi dito na palestra:

Sem Cristo não existe comunhão, existe relacionamento.
Ou seja, se os jovens não estiverem coesos na obra de Deus, eles não se conhecerão de verdade, é como viver eternamente entre estranhos.

Outro fator muito bem destacado é a importância das amizades que surgem dentro do ministério. Com esses novos, e melhores, amigos os jovens conseguem se manter dentro da vontade de Deus. Como foi destacado pelo Alan na palestra:

Além do trabalho na igreja, o ministério serve também de alicerce para os jovens se manterem na Igreja

Martins

Pingar o BlogBlogs

2 comentários:

  1. FALA MUITO MARTINS!!!

    QUERER SER UM "SALVA VIDAS" NÃO UMA DECISÃO FACIL DE SE TOMAR. VEJO QUE TODOS OS OBJETIVOS DE UM SALVA VIDAS SÃO ATITUDES DE ENTREGA DE: TEMPO, SAUDE, DISPOSIÇÃO E ATE DINHEIRO.

    PARA SE TORNAR UMA SALVAS VIDAS A PESSOA TORNA UM APOIO PARA TODAS AQUELAS QUE NESSECITAM DE UMA AJUDA QUE SEJA: ESPIRITUAL, EMOCIONAL ENTRE OUTROS. UM SLAVA VIDAS TEM QUE ESTAR PRONTO PARA QUALQUER SITUAÇÃO SEJA QUAL FOR A DIFICULDADE.

    TALVE FALNDO ASSIM TENHA DADO A IMPRESSÃO QUE O SALVAS VIDAS É ALGUM MEMBRO DA LIGA DA JUSTIÇA, UM SUPER HOMEM QUE AO SER CHAMADO SAI VOANDO PARA RESOLVER OS PROBLEMAS. MAS NÃO SO PENSAR NO SEGUINTE:

    "AMAR O PROXIMO COMO A TI MESMO"

    ESTA FRASE TODOS NOS CONHECEMOS É O MANDAMENTO.

    TUDO É UMA QUESTÃO DE ATITUDE VOCÊ QUER OU NÃO QUER SER UM SALVA VIDAS

    ResponderExcluir
  2. Grande Ramom,
    É como o próprio Jesus disse:
    "o grande mandamento é amar a Deus sobre todas as coisas e amar ao próximo como a si mesmo".
    A vida dos crentes seria verdadiramente mais próxima dos preceitos de Deus se seguissemos essa frase tão repetida mas tão pouco vivida.

    Abraçao brother.
    É uma satisfação sua participação aqui.

    ResponderExcluir

Mostre o que se passa por sua cabeça. Comente.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...