6 de outubro de 2008

Colagem de Notícias - Crentes na Eleição


Ao longo do dia (ou da semana) vou alimentar esse artigo com notícias que trazem os "representantes" da igreja no processo eleitoral.

Fiquem ligados pois haverão muitas atualizações.

Marcelo Crivella (PRB) ignorou a proibição de boca-de-urna e foi para a rua disputar voto a voto a vaga no segundo turno. Depois de votar, pela manhã, em Copacabana, o candidato percorreu 10 pontos da cidade na última tentativa de conquistar os indecisos – o desespero fez o candidato andar com carro em alta velocidade, subir em calçadas e avançar sinais de trânsitos.

Notícia Completa:
O Verbo


As eleições municipais deste ano mostraram, mais uma vez, a representatividade de políticos evangélicos nas disputas por cargos públicos importantes. No Rio de Janeiro, por exemplo, o senador e bispo Marcelo Crivella ficou em terceiro lugar na corrida pela prefeitura da cidade. O estado, inclusive, já foi governado por evangélicos como Antony Garotinho, sua esposa Rosinha e Benedita da Silva. No entanto, mesmo sendo um grupo numeroso na política nacional, os evangélicos não formam um partido próprio, nem se posicionam em uma agremiação já existente. Essa é a constatação de um estudo realizado pelo cientista político Tiago Borges, da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP.

Notícia Completa: Notícias Cristãs
Obs.: Era so o que faltava, um "partido gospel".


A Nani apresentou em seu blog uma visão do resultado dos candidatos crentes em São Paulo.

Texto Completo: Nani e a Teologia.


A capital do Estado mais evangélico do Brasil não terá um prefeito evangélico nos próximos quatro anos. O candidato à prefeitura municipal do Rio de Janeiro, o bispo da Igreja Universal [bb]do Reino de Deus, Marcelo Crivella, candidato pelo Partido Republicano Brasileiro (PRB), ficou fora do segundo turno da disputa eleitoral.

Notícia Completa: Notícias Cristãs

Pingar o BlogBlogs

2 comentários:

  1. Para dizer a verdade, gostei do Crivella, não ter ido para o segundo turno no Rio. Em 2010, iriam querer eleger um Aiatolá Evangélico. Deus nos livre.

    Abraço.

    ResponderExcluir
  2. Meu caro Juber,
    Certamente que também gostei do fato do Crivella ter ficado para trás. Como você já deve ter percebido aqui, não sou um grande fã dos Pastores-Candidatos. Principalmente quando dão um exemplo tão deplorável quanto esse do Crivella.

    Obrigado pela sua participação aqui no CdC.

    Abraço

    ResponderExcluir

Mostre o que se passa por sua cabeça. Comente.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...